Já pensou em revender produtos? Veja a dicas!

Um nicho de negócio que está crescendo bastante nos últimos anos é a Revenda de Produtos, em especial de Importados.

A economia brasileira tem passado por períodos difíceis, com poder de compra menor dos brasileiros, o câmbio desfavorece muito os grandes investimentos e as grandes cadeias de lojas sofrem também com custos operacionais altos sem o retorno de vendas.

Por outro lado, criar uma pequena empresa online de Revenda pode ser um excelente segmento:

  • Exige uma estrutura física e de marketing muito menor;
  • Você pode gerenciar o negócio com menos pessoal;
  • Pode atuar sem grandes estoques e em pequenas instalações;
  • Pode montar o seu negócio em home office – sem custo de instalação e baixo custo operacional.

Como podemos ver, é um negócio fadado ao sucesso! Mas como todo empreendimento, tem os seus pontos de atenção. Se você já pensou em revender produtos, veja a dicas.

E sucesso!

1 – Defina claramente a sua linha de produtos. E crie um perfil.

Pode ser relógios ou produtos de beleza. Pode ser roupas femininas de grandes marcas ou smartphones.

Cada um tem os seus fornecedores, giro e políticas de estoque e cuidados de importação diversos. E começar atirando em várias direções pode não ser uma boa opção.

O recomendado é começar com um tipo de artigo. Por exemplo, componentes de computadores. Ou perfumes. E trabalhar intensamente nas estratégias para este nicho prosperar, e aos poucos agregar itens relacionados (produtos de beleza para quem vende perfumes, por exemplo) e ir formando uma massa maior de ofertas e de mercado.

Nada impede que você comece com vários nichos, mas administra-los com tantos desafios novos, pode ser um risco que não é necessário correr.

2 – Conheça profundamente o seu público-alvo

Decidiu revender câmeras fotográficas? Ou bolsas femininas? Então é a hora de definir quem é o público para o seu produto.

O perfil detalhado dos seus produtos vai delimitar este público – se você quer vender roupas femininas de marcas de luxo, é um público com idade, classe social, renda e principalmente tamanho definidos.

Ao fim desta análise, você terá noção se o negócio terá potencial de consumidores que justificará o investimento, o lucro e o retorno desejados. Talvez você redefina o perfil dos produtos e até mesmo quais são. Mas esta é a hora que ainda podemos errar na avaliação.

3 – Invista em uma comunicação online de alta qualidade

Não se assuste, isto não significa altos custos (o velho mito de investir na internet). Mas significa grandes possibilidades de ser visto e fazer negócios.

  • Seu site deve ter um layout atraente ao público-alvo definido. Errar a mão aqui pode explicar as poucas visitas. O site deve ter elementos gráficos, da escolha das cores à forma de navegar e imagens que se comuniquem sem ruídos com o público que vai comprar os seus produtos.
  • Um blog é fundamental para você publicar artigos relacionados e atrair usuários para o seu site.
  • Usar as redes sociais (só as relevantes pro seu negócio) ajudar a levar seus produtos ao maior público potencial de compras.

4 – Vai importar para revender? Qualifique-se!

Importar para revender é um excelente modelo de negócio, mas requer conhecimentos específicos de documentação, termos, custos e legislação. E tudo isso você consegue em cursos de importação com qualidade no mercado.

Você sairá melhor preparado para responder rapidamente aos vários do processo de importar, ganhando em eficiência e vendas. Confira mais informações de compras no exterior em academia do importador.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *