Veja aqui 5 dicas para ganhar dinheiro na Internet!

Hoje em dia, não existe produto ou serviço que não pode ser vendido pela Internet. Depois de milhões de empresas, de todos os segmentos, migrarem para o mercado digital, já temos a geração de empresas que já nasceram no e-commerce (muitas vezes, com exclusividade nesse meio) e as inovadoras startup.

O mundo de Serviços também se rendeu e hoje em dia todos os profissionais investem na grande rede para ganhar visibilidade e vender mais.

Porém, no meio de quase infinitas possibilidades, a gente até se perde para definir: que negócio eu posso criar na Internet e ganhar dinheiro?

Acho que podemos ajudar.

Veja aqui 5 dicas para ganhar dinheiro na Internet!

Sucesso!

Antes de começar: você tem afinidade com a escolha feita?

Uma preocupação fundamental que o mundo digital tem com o mundo físico, no momento de decidir por empreender é: goste muito do segmento que você escolher.

Pode ser pela experiência com ele no mercado físico ou se ver negociando ele, lidando com vendas e problemas todos os dias – o importante é estar motivado. Nada pode ser mais frustrante do que levantar todos os dias para vender algo que não gostamos.

Evidentemente, temos negócios muito recentes – Produção de Conteúdo, por exemplo – e nestes casos a dica é estudar muito a respeito dele, especialmente o perfil ideal. Você poderá encontrar características que atendam seus desejos de empreender motivado – gostar e/ou ter experiência com escrita, como no exemplo da Produção de Conteúdo.

Negócio 1 para Internet: Freelancer Digital

Este é um segmento que cresce muito a cada ano e o melhor: tem muita demanda para profissionais qualificados.

As atividades são muitas:

  • Criação e edição de vídeos e de imagens.
  • Criação de sites, blogs e redes sociais para empreendedores e empresas.
  • Redator de conteúdo para canais de comunicação digitais.
  • Consultorias e assessorias.
  • Professores online.

Como podemos ver, é um vasto mercado e certamente você descobrirá mais atividades e poderá até mesmo criar uma! Basta desenhar bem esta atividade e pesquisar o potencial de mercado.

Este mercado de freelancer digital, apesar do crescimento de oferta, a cada dia o mercado exige mais do profissional: qualificação para o serviço oferecido, portfólio, comprometimento com prazos e disponibilidade.

O preço continua sendo um fator, porém um trabalho com qualidade pode se vender por um preço mais alto, principalmente nos locais onde a oferta for pequena ou deficiente.

Negócio 2 para Internet: Venda de Infoprodutos

Aqui os seus talentos podem falar mais alto e ser transformados em produtos digitais que você pode ver em seu blog ou em plataformas especializadas em vendas de infoprodutos como a Hotmart.

Você pode vender seu conhecimento profundo (autoridade) nos mais diversos assuntos, desde como cumprir obrigações fiscais a técnicas para decorar bolos. O grande segredo aqui é o baixíssimo custo que você terá para converter estes conhecimento no infoproduto mais adequado para a transmissão – cursos online, e-books, palestras online.

Você também pode produzir infoprodutos a partir da autoridade de outras pessoas, com parcerias. Um aspecto fundamental é a estratégia de venda deles. O conteúdo deve ser amplo e de linguagem simples e que atraia a atenção do público.

E é muito eficaz fazer a divulgação prévia com vídeos curtíssimos gratuitos para provocar a curiosidade e criar mini vídeos ou minicursos gratuitos de forma a engajar a audiência para cursos mais completos.

Excelentes profissionais das mais variadas áreas, especialmente de Negócios e Marketing, vendem cursos online e tem ótimos ganhos.

Negócio 3 para Internet: Produtor de Conteúdo

Podemos ter os melhores produtos com vantagens incríveis sobre a concorrência e um ótimo preço, mas como fazer com que eles apareçam é essencial.

Na venda pela Internet, a qualidade dos conteúdos pode ser o diferencial. Não se trata apenas de qualificar bem o produto, mas principalmente de criar uma audiência, com temas relacionados, que atraiam sem ligar de imediato ao produto, e construir uma autoridade sobre assuntos que levem, em algum momento e naturalmente à chance de venda.

Conteúdo de qualidade é basicamente a combinação de:

  • Produção textual de qualidade, conforme as situações em que cada texto será inserido
  • Técnicas de SEO que permitem o ranqueamento nas buscas.
  • Compreensão dos objetivos com os textos (pauta) e até a revisão deles conforme a sua experiência de marketing ou de linguagem de vendas.

Dominar estas técnicas é o caminho para uma atividade que tem bastante demanda e muita concorrência, mas como no caso dos freelancers, requer uma busca de clientes que privilegiam a qualidade e estar sempre atento aos preços do mercado.

Negócio 4 para Internet: Prestação de Serviços Técnicos

Este é um segmento que cresce mais a cada dia. Basicamente falamos de:

  • Manutenção de eletrônicos e eletrodomésticos de pequeno porte.
  • Reparos e customização de vestuário e calçados.

Certamente encontraremos outros nichos, mas estes acima estão em alta por conta da necessidade cada vez maior das pessoas em reparar ou reaproveitar itens de consumo que custam caro e onde a proporção de reparo x preço do item novo tem ficado mais favorável às manutenções.

A crise econômica também tem levado as pessoas a preferir consertar. O caso dos Celulares, por exemplo, é o mais típico. Os aparelhos, além de ficarem mais sofisticados e caros, se tornam cada dia mais versáteis em diversos usos, e trocar não é mais uma tarefa tão simples.

É uma mudança de cultura que favorece o setor. Eu, por exemplo, trabalho atualmente com um Iphone 10 quebrou a tela na semana passada. Tempos atrás, ninguém hesitaria em trocar porque vale mais a pena um novo. Mas é um iPhone 10, encontrei a iCaiu, uma empresa especializada em assistência técnica para iPhone, me surpreendi com o atendimento e com o resultado final e recomendo a todos!

É um modelo de negócio digital bastante simples para administrar e que também não exige uma grande estrutura física, mas requer muita dedicação com marketing digital para dar a visibilidade necessária.

Negócio 5 para Internet: Assistentes/Secretárias Virtuais

É um ramo relativamente novo e nascido no ambiente digital. Muitas pessoas – empresas individuais, pequenas empresas, profissionais liberais – precisam de uma administração do dia a dia pessoal e até de seus negócios, nas rotinas administrativas.

Com a possibilidade total de interação e geração de documentos online, esta atividade ganhou impulso, porque não tem os custos de um funcionário interno – o que muitos clientes nem podem ter – e tem uma disponibilidade muito maior, trabalhando de casa.

O grande fator nesta atividade é a precificação – pesquise bastante sobre os ganhos médios e o quais serviços você pode agregar para ganhar mais – por exemplo, se é possível criar relatórios de controle das despesas, se é possível fazer picking ou delivery de documentos.

É um mercado que, bem explorado, revela um público de alto poder aquisitivo, disposto a pagar pelo conforto e principalmente pela confiança/segurança. Discrição e senso de urgência são fundamentais.

 

Cursos que podem te ajudar com seu negócio digital!

Até pouco tempo, ter um negócio próprio era o sonho de milhões de brasileiros, sair do emprego formal e se tornar protagonista no mundo dos negócios. Hoje em dia, o sonho é o mesmo, mas com um componente relevante: todos querem estar no mundo digital, na Internet.

É o caminho natural, é na grande rede que estão acontecendo o comércio e o consumo em massa nos dias de hoje. As maiores empresas obtém resultados melhores no e-commerce do que no comércio físico e algumas mantém apenas alguns pontos e investem no crescimento digital.

Porém, ao mesmo tempo que é um mercado altamente promissor, pela quantidade de potenciais clientes – até centenas de milhões, dependendo do produto – e pela rapidez e baixo custo das estratégias para alcança-los, é também um mundo onde precisamos dominar corretamente as técnicas, as métricas, as ferramentas necessárias para cada negócio aparecer e crescer.

E o melhor caminho para estar preparado para isso é um só: qualificação.

A boa notícia é que nunca tivemos uma oferta tão grande de variedade, qualidade e baixo custo para nos qualificarmos e alcançarmos mais rápido as metas e resultados.

Vamos falar de alguns cursos que podem te ajudar com seu negócio digital!

Curso para o seu negócio digital 1: marketing digital

Sem dúvida, a base para construir um negócio digital. É o conjunto de ferramentas, análises, ferramentas e métricas necessários para dar visibilidade adequada, conquistar mercado e clientes, fideliza-los e vender.

Neste curso, aprendemos a definir o público-alvo e a persona, posicionamento do produto e do preço, dimensionar potenciais consumidores e a concorrência e criar as estratégias corretas para todas essas ações. Existem muitas alternativas, de profissionais e empresas, para fazer ótimos cursos de marketing digital, até mesmo gratuitos.

O recomendado aqui é ir se preparando aos poucos, com antecedência e ir exercitando com seu próprio site/blog pessoal, assim poderá avaliar os resultados e mudanças e amadurecer as ideias para o seu negócio digital.

Curso para o seu negócio digital 2: custeio e precificação de serviços

Considero este curso fundamental para empresas digitais de prestação de serviços, desde os físicos (manutenção, limpeza e outros) aos digitais. Sabemos como é complexo definir preços de venda de serviços, sem a clássica composição de custos dos produtos.

O mercado costuma definir preços de venda, mas é importante entender a composição dos custos para rever este preço ou rever as despesas.

Curso para o seu negócio digital 3: gestão de estoque

Caso seu negócio digital seja de venda de produtos, este curso é interessante para dar todas as orientações que precisamos para gerir seu estoque – políticas de gestão, fornecedores, logística de compra e outros pontos. Uma gestão eficiente do estoque impede uma série de problemas que podem impactar no custo final do produto – prejudicando margens ou vendas – e na disponibilidade dele – provocando atrasos de entrega e perdas de vendas.

Curso para o seu negócio digital 4: fluxo de caixa

Esta é a ferramenta mais importante para a gestão do seu negócio digital, independente do porte e da quantidade de despesas e processos – na verdade, até na vida pessoal um fluxo de caixa é indispensável.

O fluxo permite orçar diariamente todas as despesas e receitas, da produção até a entrega, e desta forma podemos ver onde o caixa precisará de capital extra ou teremos de renegociar pagamento, tentar antecipar receita ou até pagar com atraso – um custo indesejado para o negócio.

Curso para o seu negócio digital 5: atendimento ao cliente

Para muitas pessoas, atender o cliente pode parecer uma tarefa simples: basta ter o produto certo, um bom preço e achar o cliente. Mas esta ideia está bem longe da realidade. Conquistar, atender, vender e fidelizar é o ciclo completo que uma empresa precisa e ele é bastante complexo.

E existem técnicas e nuances que até os profissionais com longa experiência de Vendas – como vendedores, gerentes de vendas – tem dificuldades diante do comportamento do cliente nos tempos atuais com o mundo digital dominando todas as relações. É importante buscar uma qualificação que mostre como abordar, cativar, gerar autoridade e, como consequência, vender.

E a dúvida: como escolher os melhores cursos?

Muita pesquisa é o primeiro passo. Existem muitas opções de cursos presenciais e principalmente os online, que permitem que você programe os dias e horários e tenha mais eficiência, estudando em casa ou no trabalho e evitando deslocamentos e despesas adicionais.

Porém, é importante a pesquisa para buscar aqueles que tenham um conteúdo adequado à sua necessidade e um bom preço. Um portal bastante abrangente e com conteúdo de qualidade é a FBV Cursos e disponibilizado gratuitamente, para você estudar online, quando quiser.

 

Os 7 melhores livros de Marketing Digital para ajudar no seu sucesso

O Marketing Digital já é uma realidade presente na maioria das empresas no mundo atual, tanto as que já nasceram como digitais – o e-commerce e as startup – quanto as do comércio físico, que entenderam a necessidade de dominar as técnicas e métricas de estudo do mercado digital, da imensa massa de clientes que está nele e como atrai-los, fideliza-los e vender mais.

Porém, o Marketing Digital, em que pese a linguagem dele e seus recursos serem bastante simples e processos muito intuitivos e baseados em dados e estatísticas, é um tem que está sempre trazendo novidades e novas visões.

Não podemos esquecer que o Marketing Digital é a visão digital do bom e velho marketing tradicional, baseado em pessoas, que sofrem influências culturais e sociais constantes, trazendo isto para os hábitos de consumo.

Estudar constantemente, estar atualizado sobre as novas tendências, é fundamental não só para o profissional de Marketing Digital autônomo quanto para as equipes nas empresas. Afinal, ambos tem como objetivo conquistar clientes e vender mais.

Vamos abordar os 7 melhores livros de Marketing Digital para ajudar no seu sucesso.

1 – Marketing 3.0 – As forças que estão definindo o novo marketing centrado no ser humano (Philip Kotler)

Este livro mostra aquilo que é uma tendência desde o surgimento do Marketing Digital: o olhar para os clientes como seres humanos complexos e em constante mudança e o quanto isso exige dos profissionais da área uma redefinição das suas formas de abordagem e também das prioridades dentro das empresas.

É uma leitura fundamental para entender o quanto precisamos olhar atenta e constantemente para o cliente, e voltar para a prancheta centrados no que eles querem – e que estes desejos estão muito além do consumo por si só.

2 – Permission Marketing: Turning Strangers Into Friends And Friends Into Customers (Seth Godin)

Seth Godin é considero pela revista Business Week como o Melhor Empreendedor Para a Era da Informação. Com este  crachá, é natural pararmos para analisar esta obra e ela vale cada página, falando de um conceito cada vez mais presente no mundo digital – O Marketing de Permissão.

Basicamente, é buscar a empatia e permissão dos clientes para os nossos conteúdos de relacionamento e de venda, e que quebra o desgastado modelo que ele chama de Interruption Marketing, as clássicas entradas no ambiente dos clientes, por um anúncio de TV ou um telefonema de telemarketing.

O Marketing de Permissão baseia-se na aceitação dos consumidores para a sua publicidade. Ao interagir apenas com os indivíduos que demonstraram interesse pelo produto, as empresas desenvolvem relacionamentos de longo prazo com os clientes, criam confiança e aumentam a percepção da marca.

3 – A Bíblia do Marketing Digital ( Cláudio Torres)

O nome já traduz muito da proposta deste ótimo livro, A ideia central é levar o leitor a entender o mundo digital e como implantar as ações de marketing voltadas para ele. Ele aborda as principais técnicas, ferramentas e estratégias, com roteiros para uso no dia a dia.

É um livro que pode ser extremamente útil a empresários que desejam implementar o Marketing Digital, profissionais e agências e até mesmo estudantes.

4 – Facebook Marketing – Tudo que você precisa saber para gerar negócios na maior Rede Social do Mundo (Camila Porto)

O Facebook é, sem dúvida, a principal rede social e canal de comunicação digital com os clientes fora do ambiente de site e blog. As possibilidades de mapeamento, definição de perfis e ações de atração e fidelização são muitas, mas precisam ser bem planejadas, para não subestimarmos e perdemos todo este potencial – enquanto o concorrente atua.

Camila Porto conduz o leitor, de forma objetiva e numa linguagem acessível, por todos os aspectos de uso desta rede e as possibilidades de crescimento e aumento de lucro com ela. É uma ótima sugestão.

 5 – Marketing de Conteúdo – A moeda do século XXI (Rafael Rez)

Imagine qual a sua posição em relação ao Marketing Digital – profissional autônomo ou de agência, empresário querendo expandir ou com uma boa ideia nas mãos e querendo inicia-la já dentro do mundo digital: este livro é uma excelente sugestão para entender o Marketing Digital e preparar-se para as grandes mudanças que virão e não serão poucas.

Tudo é abordado de uma forma que torna simples este mundo tão misterioso a quem não conhece ou não se aprofundou nele. E focado num dos principais pilares: o Conteúdo.

A importância de gerar conteúdo que atraia a atenção e todas as técnicas ligadas a ele – tráfego, geração de leads, métricas e muitos outros pontos. É uma obra indispensável para quem quer acompanhar os novos tempos de consumo e relacionamentos de comércio.

6 – A Cauda Longa (Chris Anderson)

A Cauda Longa mostra a importância e eficácia da mudança de foco de produtos e serviços oferecidos para uma grande massa de clientes – e monitorados a partir desta ação – para uma visão de nichos, atingindo públicos segmentos e desta forma trazendo resultados mais focados na estratégia de venda do produto.

Este é outro livro considerado bíblia no Marketing Digital e fala de uma técnica que revela a importância dos nichos para os resultados das empresas e como eles devem ser explorados no mundo digital.

7 – Não Me Faça Pensar – Uma abordagem de bom senso à usabilidade na web (Steve Krug)

O título traduz exatamente o que este ótimo livro entrega: a importância de criar páginas de Internet com os melhores elementos de interação possíveis com as pessoas, visando reduzir o tempo e o esforço delas em compreender, refletir o conteúdo.

O mundo anda em uma velocidade espantosa e as pessoas precisam administrar um bem precioso: o tempo. A proposta do livro é justamente valorizar o tempo delas, e que isto se reverta em engajamento dos potenciais clientes com o conteúdo, se interessem e comprem.

 

São recomendações valiosas que não podem faltar na sua estante ou seu e-reader. Existe muita informação de qualidade na Internet sobre Marketing Digital. Clique aqui e você terá mais conteúdos interessantes.